15 de mai de 2003

MAIS ALEC DUARTE

Problemas técnicos com The Blog -- que me fazem, cada vez mais, achar graça no artigo definido no nome deste serviço -- impediram-me de manter meus três leitores informados de minha correspondência com o Sr. Alec Duarte (ver post abaixo). Enfim, atualizo só para fins de registro.

Logo depois de receber, por e-mail, o meu post "As sandices dum tal Alec Duarte", o palpiteiro da Folha me mandou a seguinte respostinha sebosa:

Caro, obrigado pela mensagem e pela participação.

Eu apenas gostaria de reiterar que a homenagem em seu blog é injusta, posto que em nenhum momento emiti juízo de valor sobre o assunto. Apenas registrei que o próprio Zico, em sua autobiografia, tratava a questão de forma contraditória.

Não houve palpite nem tão pouco opinião.

Um forte abraço
ALEC DUARTE


(Sic, sic, sic.)

Mandei-lhe resposta mostrando-lhe que, muitas vezes, a simples escolha de um tema implica tomada de posição do autor -- sobretudo a escolha de um tema morto e enterrado como esse --, ainda que a opinião do autor não venha expressa em gráficos coloridos para o leitor da Folha entender.

Dei-lhe, ainda, uma oportunidade de fazer conhecer sua opinião sobre esse tema, ao perguntar-lhe, na lata: afinal de contas, o senhor acha ou não que o Zico foi "jogador de Maracanã"?

Até agora não obtive resposta.

Nenhum comentário: