4 de ago de 2003

NOME AOS BOIS

Leonardo Gaciba. É esse o nome do juiz que apitou o Flamengo x Ponte Preta de ontem, deu inacreditáveis oito minutos de acréscimo a troco de porra nenhuma e permitiu à antipática equipe da máscula metrópole interiorana empatar o jogo a inacreditáveis 52 do segundo tempo.

Leonardo Gaciba é o mesmo cretino que, ano passado, deu um cartão amarelo para o jogador Jabá, do Coritiba, porque passou o pé em cima da bola em jogo contra o Santos. Esse luminar entendeu que, com o gesto, o jogador do Coxa estava menosprezando o adversário.

Não restam dúvidas, portanto, de que é um imbecil. Talvez, ontem, só quisesse aparecer, talvez só quisesse posar de juiz rigoroso na aplicação da lei -- o que está longe de ser verdade, de vez que não teve colhões para expulsar o ponte-pretano Alan, que, como último homem, impediu a progressão de Ânderson rumo ao gol.

Ainda não é o bastante para Leonardo Gaciba fazer companhia a Giuliano Bozzano na lista de ladrões que tanto nos têm prejudicado desde que passou a faltar pulso na Gávea. Mas convém ficar de olho nesse sujeito.

Nenhum comentário: